sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

RAVIOLI DE PERA COM BLUE CHEESE E MEL TRUFADO








Eu adorei essa entreda. Ficou bonita, ficou gostosa e bem simples de fazer, é este o tipo de receita que eu adoro. Um visual bacana, um gosto melhor ainda e sem dar trabalho. O unico detalhe que voce tem que tomar cuidado é na escolha da pera. Eu uso pera willians, que é macia e voce tem que escolher as peras que são mais “ gordinhas”, que voce pode passar no mandolim e retirar fatias que sejam grandes o suficiente para moldar os circulos do ravioli. O mel trufado pode ser substituido pelo mel tradicional de sua preferencia.

Ingredientes
Porção para 2 pessoas
1 pera willians madura e grande
1 xicara de queijo gorgonzola
1 colher de sopa de creme de leite
Pimenta do reino a gosto
½ xicara de suco de limão
Mel trufado


Em uma vasilha coloque o queijo gorgonzola e amasse com um garfo. Misture um pouco de creme de leite até que o gorgonzola fique um pouco mais cremoso. Tempere com pimenta do reino a gosto e reserve. Aqueça uma panela pequena com água e quando estiver fervendo desligue o fogo e junte o suco de limão. Reserve. Lave bem a pera e passe a lateral, mais gordinha, pelo mandolim para obter laminas bem finas. Mergulhe as laminas na água quente com o limão. Deixe um minuto e retire. Com o auxilio de um molde circular corte os circulos de pera. Pegue uma lâmina de pera, seque sobre papel toalha e disponha sobre o prato que será servido. Sobre a lâmina coloque uma porção do creme de gorgonzola e sobre ele outra lâmina de pera. Repita essa operação colocando a quantidade desejada de raviolis em cada prato. Para finalizar coloque um fio de mel trufado. Sirva.






terça-feira, 5 de dezembro de 2017

GELÉIA DE LARANJA COM PIMENTA




Já fazia muito tempo que andava atras de uma receita de geléia de laranja com pimenta mas não conseguia achar nada que fosse bacana na internet. Recentemente ganhei um super presente, de uma super Amiga, Patricia Antunes, que foi o livro do Thiago Castanho, dono do Remanso do Bosque em Belem.  No livro, que é cheio de receitas maravilhosas tem essa receita de geléia de laranja com pimenta que é maravilhosa. Fiquei encantada com a receita e com o sabor da geléia e, mais ainda, em como ela é fácil de ser feita. Aproveite e experiemente.

Ingredientes
1 maça
200ml de suco de laranja
2 dentes de alho
1 xícara de açucar
4 pimentas dedo de moça sem as sementes


Descasque a maça e passe pelo ralador de ralo grosso. Coloque em uma panela e junte o açucar, o suco de laranja, os dois dentes de alho sem casca inteiros e a pimenta de dedo de moça cortada em pequenos cubos. Leve ao fogo médio até começa a ferver, despois abaixe o fogo e deixe por 20min. Desligue e coloque em potes de vidro esterelizados e deixe na geladeira. A geléia endurece um pouco depois que vai a geladeira entao não aperte o ponto pensando que esta liquida demais.





quarta-feira, 29 de novembro de 2017

COSTELA ASSADA NO VINHO COM PURÊ DE BAROA E CENOURAS CARAMELADAS







Ingredientes
Para duas a três pessoas
Para duas pessoas
1 costela com osso de aproximadamente 2kg
Farinha para empanar
 ½ litro de  vinho tinto
500 ml caldo de carne
1 folha de louro
1 galho de alecrim
1 galho de tomilho
1 cabeça de alho, cortada ao meio horizontalmente, não é preciso descascar.
1 colher de sopa de extrato de tomate
Sal e pimenta do reino a gosto
½ kg de mandioquinha
4 colheres de sopa de manteiga
½ xicara de queijo parmesao ralado
1 kg de cenouras organicas bem fininhas
2 colheres de sopa de açucar mascavo
½ xicara de aceto balsamico

Limpe a costela retirando o excesso de gordura se tiver. Tempere a carne com sal e pimenta a gosto. Empane os pedaços de costela na farinha. Aqueça uma panela grande com óleo e frite a costela dos dois lados até que esteja bem dourada. Desligue o fogo e transfira a costela para um tabuleiro. Junte as folhas de alecrim e tomilho, o vinho, o caldo, o extrato de tomate e o alho. Cubra com papel de aluminio e deixe no forno médio a 220º.C por 3 horas. Regue com mais caldo se for necessario e estiver muito seco. Retire a costela do forno e desfie a carne retirando a gordura caso exista. Coe o molho e reserve. Exprema os dentes de alho e coloque o creme do alho junto ao molho. Prove e acerte o sal e a pimenta  se for necessario. Faça o pure de mandioquinha. Descasque as batatas e as cenouras leve ao fogo com água e sal em panelas separadas. Para as batatas deixe cozinhar por 30min ou até que estejam bem macias. No caso das cenouras o ponto correto é “ao dente” e cerca de 15 a 20 minutos é o necessário. Escorra as batatas e passe por um expremedor ou processador até obter um creme bem liso. Transfira para uma panela, aqueça e junte as 4 colheres de sopa de manteiga e o queijo ralado. Mexa bem até que esteja bem liso. Prove e acerte o sal se for necessario. Reserve e faça as cenouras. Escorra a água e transfira para um frigideira com 2 colheres de sopa de manteiga. Deixe dourar por uns 2 minutos e junte o açucar mascavo. Deixe o açucar derreter e dourar por um minuto e junte o aceto balsamico. Deixe reduzir até que fique caramelado. Desligue o fogo. Sirva a costela desfiada com o molho, o purê e as cenouras carameladas.





sexta-feira, 24 de novembro de 2017

RISOTO DE PATO COM VINHO





A Germania tem varios produtos que são muito bons mas que, infelizmente, não encontramos com muita facilidade aqui no Rio de Janeiro porem são facilmente encontrados em São Paulo. Como meu irmão mora em São Paulo, toda as vezes que minha mãe vai visita-lo faço encomendas. Um dos produtos que recomendo é  um pacotinho com tiras de peito de pato. A carne vem praticamente limpa, pronta para ser feita e é uma delicia podendo ser usada em várias preparações. Esse risoto surgiu dai, temperei algumas tiras com vinho tinto e ervas, fritei e na propria frigideira fiz o risoto usando o vinho tinto que havia marinado o peito de pato. Para complementar juntei alguns tomatinhos garrafinha que estavam assados no forno com azeite e alho. Ficou maravilhoso.

Ingredientes
Para duas pessoas
150gr de tiras de peito de pato
2 dentes de alho
4 galhos de tomilho
Sal e pimenta do reino a gosto
1 xicara de vinho tinto seco
1 ½  xicaras de arroz arbório
½ cebola em cubos bem pequenos
3 xicaras de caldo de frango
4 colheres de sopa de manteiga
4 tomatinhos assados no forno com azeite e alho

Em um refratário coloque o pato e tempere com pimenta do reino fresca moída na hora, o alho espremido, os galhos de tomilho e o vinho tinto. Deixe marinar por, pelo menos, 30min. Aqueça um frigideira funda com 2 colheres de sopa de manteiga e um fio de azeite. Escorra as tiras de pato preservando a marinada. Quando a manteiga estiver quente junte as tiras, de 3 em 3 tiras, para não sorar muito liquido, e deixe fritar por 2 minutos de cada lado. Repita a operação até que todas as tiras estejam fritas. Retire todo o pato da frigideira e comece a fazer o risoto. Na propria frigideira junte 1 colher de sopa de azeite e a cebola. Mexa bem e deixe refogar ate que esteja transparente, junte o arroz, mexa bem até que todos os grãos estejam cobertos pelo azeite. Retire os galhos de tomilho da marinada e junte a frigideira. Mexa bem. Junte uma xicara de caldo de frango e mexa bem, abaixe o fogo e vá mexendo de vez em quando até que os grãos estejam macios porem firmes. Será necessário adicionar mais caldo de frango até chegar ao ponto correto, vá adicionando aos poucos. Prove e acerte o sal e pimenta se for necessário. Desligue o fogo e junte 2 colheres de sopa de manteiga. Corte as tiras de pato em laminas e junte ao risoto. Sirva quente acompanhada dos tomates assados.





sexta-feira, 10 de novembro de 2017

CAMARÕES GRELHADOS NA MANTEIGA DE ERVAS COM RISOTO DE AÇAFRÃO





Esse risoto de açafrão eu fiz com uma açafrão que eu comprei em Dubai, proveniente do irã e, a principio, quando coloquei na panela achei que ele não soltaria seu sabor porem, depois de alguns minutos estava ele ali todo amarelinho com aquele sabor especial que foi o complemento perfeito para esses camarões grelhados com manteiga de ervas. Dois pratos simples que combinados ficaram melhor ainda.

Ingredientes
Para duas pessoas
Camarões
8 camarões grandes limpos porem com os rabos
1 dente de alho
1 colher de sopa de suco de limão
Azeite
Sal e pimenta do reino a gosto
½ xicara de salsinha
½ xicara de folhas de alecrim
½ xicara de manteiga
Risoto
1 xicara de arroz arbório
½ cebola em cubos bem pequenos
1 dente de alho espremido
1 xicara de vinho branco seco
2 xicaras de caldo de legumes
1 xicara de queijo parmesão ralado
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de chá de pistilos de açafrão


Tempere os camarões com 2 colheres de sopa de azeite, pimenta do reino fresca moída na hora, o alho espremido e o suco de limão. Deixe marinar por 15 min. Faça a manteiga de ervas. Junte as folhas de salsinha e de alecrim e, com o auxilio de uma faca bem afiada, pique tudo bem pequeno. Junte as ervas picadas a manteiga e misture bem ate que esteja homogêneo. Reserve. Pegue um refratário e unte o fundo com azeite. Pegue cada um dos camarões e com uma faca bem afiada faça pequenos cortes na parte inferior para que ele não dobre quando for cozido. Na parte superior, faça uma incisão mais profunda até quase parti-lo ao meio, deixando-o preso pelo rabo. Tenha cuidado para não parti-lo. Abra cada camarão como se fosse uma borboleta. Disponha os camarões no refratário e sobre cada corte coloque uma porção da manteiga de ervas. Comece a fazer o risoto. Em uma panela coloque 2 colheres de sopa de azeite, o alho picado e a cebola. Refogue ate que a cebola esteja transparente, junte o arroz e mexa bem ate que todos os grãos estejam envolvidos no azeite. Junte o vinho e deixe evaporar. Junte uma xicara de caldo e mexa bem, junte o açafrão e mexa novamente, abaixe o fogo e faça o camarão.  Tempere tudo com sal e pimenta do reino a gosto e leve ao forno pre aquecido por 10 min. Volte ao risoto, mexa bem e adicione a outra xicara de caldo mexendo sempre. Deixe o arroz cozinhar em fogo baixo, mexendo de vez em quando até que esteja “ al dente”. Desligue o fogo e junte o queijo parmesão mexendo bem. Junte a manteiga. Retire os camarões do forno e sirva acompanhado do risoto.






quarta-feira, 8 de novembro de 2017

SALADA DE PUPUNHA FRESCO, TOMATE E PORCINI COM MOSTARDA E MASALA



Sabe os cogumelos da receita ai de baixo, a brusqueta com pecorino?! sobraram alguns cogumelos na geladeira que aproveitei nessa salada que teve como ator principal palmito pupunha fresco, in natura.
A diferença da salada esta no tempero que levou uma pitada de masala e outra de mostarda dijon, a principio parece uma combinação estranha mas ficou ótima! Fica muito bacana como entrada para um jantar ou almoço, é leve mas cheia de personalidade.

Ingredientes
Para duas pessoas
2 caules médios de palmitos pupunha
1 tomate maduro do tipo italiano
2 dentes de alho assados
4 cogumelos paris
2 colheres de sopa de ceboulette picada
1 galho de tomilho
Sal e pimenta do reino a gosto
2 pimentas biquinho
½ colher de chá de masala
½ colher de chá de mostarda dijon
Azeite

Corte o palmito pupunha e os cogumelos em cubos pequenos do mesmo tamanho. Reserve. Lave bem o tomate, retire as sementes e corte em cubos do mesmo tamanho do palmito. Aqueça uma frigideira com 1 colher de sopa de azeite e junte os palmitos e o cogumelo, tempere com sal e pimenta do reino a gosto e refogue por 2 min. Retire do fogo e junte os tomates a ceboulette picada. Amasse o dente de alho e junte a misture. Junte o masala, a mostarda e a pimenta biquinho em cubinhos. Regue com azeite, misture bem, prove e acerte o sal se for necessário. Sirva como entrada.






sexta-feira, 3 de novembro de 2017

BRUSQUETA DE COGUMELOS PORCINI COM PECORINO


Já coloquei aqui no blog outra receita de brusqueta de cogumelos um pouco diferente dessa aqui. Essa opção é menos cremosa e o queijo pecorino tem um sabor delicioso e acentuado. Caso voce não tenho cogumelos porcino pode troca-los por qualquer outro tipo de cogumelo que o resultado continua sendo muito bom. É o tipo de entrada que todo mundo gosta.

Ingredientes
1 baguete de pão italiano
1 pratinho de 200gr de cogumelos porcini frescos
200gr de queijo pecorino
2 dentes de alho
½ cebola picada bem fina
2 galhos de tomilho
Azeite
Sal e pimenta do reino a gosto
Limpe bem os cogumelos e corte em fatias finas. Reserve. Aqueça uma frigideira com azeite e quando estiver quente junte a cebola picada e deixe refogar até que esteja transparente. Junte o alho picado e deixe refogar por alguns minutos e, por ultimo, junte os cogumelos fatiados. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Junte os galhos de tomilho e mexa bem, se for necessario coloque um pouco mais de azeite. Deixe por 3 min, desligue o fogo e reserve. Corte a baguete em fatias médias e disponha em um tabuleiro ou refratario que possa ir ao forno. Pre aqueça o forno a 180ºC. Rale o queijo pecorino e disponha uma porção de pecorino sobre cada fatia de pão. Sobre o pecorino coloque uma porção do cogumelo. Regue um um fio de azeite e leve ao forno por 10 min ou até que o queijo tenha derretido. Retire do forno, regue com outro fio de azeite se for necessario e sirva quente.



segunda-feira, 30 de outubro de 2017

TRIÂNGULOS DE QUEIJO COM MANTEIGA NOISETTE, SALVIA E AMÊNDOAS




Sabe aquelas receitas de massa que são super leves, que matam a vontade de comer uma massa gostosa mas, ao mesmo tempo, não te deixam com aquela sensação que comeu demais?! Entao, essa receita é assim! É massa mas é leve e é deliciosa. O trabalho aqui fica por conta de fazer a massa em casa mas, para quem já esta acostumado, nem é tanto trabalho assim, dá para fazer rapidinho.


Ingredientes
Para duas pessoas
200gr de farinha de trigo
2 ovos
1 colher de sopa de azeite
150gr de cream cheese ou requeijão cremoso
1 maço de salvia
1 xicara de amêndoas torradas
1 tablete de manteiga

Em uma vasilha coloque a farinha de trigo, os ovos, o azeite e misture bem ate a massa ficar homogênea. Trabalhe um pouco a massa ate que esteja lisa. Enrole em um filme plástico e leve a geladeira por 1 hora. Retire da geladeira e passe pela maquina de macarrão abrindo laminas de massa. Com o auxilio de cortado faça quadrados de massa. Recheio cada quadrado com uam porção de cream cheese e feche como se fosse um triangulo. Repita a operação ate que toda a massa tenha sido feita. Pegue uam frigideira grande antiaderente e coloque meio tablete de manteiga. Deixe em fogo baixo para derreter a manteiga. Com o auxilio de uma colher vá retirando a espuma branca que se forma na parte de cima ate que não tenha mais nenhuma espuma. Junte algumas folhas de salvia. Quando a manteiga começar a ficar marron claro desligue o fogo e junte as amêndoas. Aqueça uma panela grande com água e sal e quando estiver fervente junte os triângulos de massa, deixe cozinhar por 4 minutos, escorra e junte ao molho de manteiga. Sirva quente com uma porção de queijo parmesão ralado.







domingo, 22 de outubro de 2017

CROCANTE DE FUBÁ COM TARTAR DE TOMATE




Essa massa é como se fosse um biscoitinho de  fubá frito. Na verdade estava querendo fazer uma receita, que vi a foto, mas não sabia como fazer e entre as tentativas fiz esse biscoitinho de fubá salgado que acabei aproveitando e comendo com esse tartar de tomates. Ficou ótimo mas queria uma lamina bem mais fininha, vou continuar fazendo os meus testes para conseguir chegar em laminas mais finas.  Com essa massa fiz duas receitas que vou postar aqui com o tempo. Experimentei uma com o tartar de tomates e a outra com um ragu de cogumelos que eu amo.

Ingredientes
Para quatro pessoas
100gr de Fubá de milho
1 ovo
Azeite
Água
2 tomates grandes maduros e firmes
½ xicara de azeitonas pretas sem caroço
Folhas de Manjericão
Sal e pimenta do reino a gosto
Óleo para fritar

Em uma vasilha coloque o fubá, o ovo e uma colher de sopa de azeite. Misture bem até obter uma massa homogênea que solte das mãos, se for preciso junte um pouco de água. Polvilhe um pouco de fubá em uma superfície lisa e, com o auxilio de um rolo, abra a massa e corte quatro quadrados de 10cm x 10cm. Reserve. Lave bem os tomates e retire a casca.  Corte, retire as sementes e corte em cubos pequenos. Coloque em uma vasilha, junte a azeitona picada e tempere com sal, pimenta do reino a gosto e um fio de azeite. Lave as folhas de manjericão e junte aos tomates, misture bem. Na hora de servir disponha uma lamina de fubá, uma porção generosa de tomates com azeitonas e enfeite com folhas frescas de manjericão. Se quiser polvilhe um pouco de queijo parmesão ralado de boa qualidade. Regue com um fio de azeite.





quarta-feira, 11 de outubro de 2017

FILÉ DE PEIXE COM VINHO E QUINOA VERMELHA





Adorei essa combinação que resultou em um prato super leve e cheio de sabor.

Ingredientes
Para duas pessoas
2 filés de robalo limpos e sem espinha
4 cebolinhas pequenas
1 ramo de salsinha
2 xicaras de creme de leite fresco
2 xicaras de vinho branco
2 dentes de alho
Sal e pimenta do reino fresca a gosto
Azeite
Limão
3 xicaras de caldo de legumes

Comece temperando o peixe de deixando marinar por 20 minutos. Coloque os filés em um refratário com 2 dentes de alho espremidos, o vinho, 1 colher de sopa de suco de limão, sal e pimenta do reino a gosto. Descasque as cebolas e coloque-as inteiras ao lado dos filés de peixe. Pegue dois galhos de salsinha e coloque dentro do refratário ao lado dos filés de peixe. Regue tudo com azeite e leve ao forno médio por 20 minutos. Faça a quinoa enquanto o peixe esta no forno. Coloque a quinoa em uma panela com o caldo de legumes e leve ao fogo médio até que esteja cozida, se for preciso junte mais água para atingir o ponto correto da quinoa que deve ficar macia e com os grãos abertos. Reserve.
Retire o peixe do forno, reserve os filés e coe o molho para uma panela pequena. Junte o creme de leite e leve ao fogo baixo. Prove e acerte o sal e a pimenta se necessário. Sirva o peixe sobre a quinoa com as cebolas assadas e o molho.



quarta-feira, 4 de outubro de 2017

TARTE TARTIN DE PESSÊGOS



 Eu adoro a tarte Tartin, é aquele tipo de receita que é fácil de ser feita e super gostosa. Voce pode fazer desde uma receita com massa tradicional, mais trabalhosa até dar uma improvisada utilizando uma massa pronta ou massa folhada. Essa aqui eu fiz com massa folhada, comprada pronta, que é só cortar a fruta, fritar na frigideira, cobrir com a massa e levar o forno. Para ser mais fácil ainda comprei a massa que já vem aberta. Uso a marca Arosa que é encontrada nos supermercados. A torta é rápida, é fácil e fica linda. Essa versão é de pessêgos, para dar uma variada na versão tradicional de maça. Dá para dar uma impressionada se quiser fazer uma festa ou um jantar para receber alguem. Tambem dá para dar uma enganada que voce é super safo na cozinha. Rsrsrs

Ingredientes
1 pacote de massa folhada – eu compro da marca Arosa
1 caixa de pessegos frescos e maduros
1 xicara de açucar
100gr de manteiga

Pré-aqueça o forno a 180º. C. Descasque os pessegos e corte-os em 4 fatias retirando o caroço.  Voce vai precisar utilizar uma frigideira que possa ir ao forno, que possua cabo de ferro, inox ou aluminio. Caso não possua frigideira então utilize uma forma que possa ir na boca do fogão e depois ao forno. Coloque o açúcar na frigideira em fogo baixo e deixe caramelizar sem mexer. Quando o açúcar tiver marron, desligue o fogo. Arrume os pedaços de pessêgo em forma de coroa, coloque um ou dois no meio. Junte a manteiga cortada em pedaços.  Se voce comprou a massa folhada que já vem aberta então retire o rolo da caixa e abra mantendo o plastico por baixo da massa. Corte um circulo do tamanho do diametro da frigideira e reserve. Se voce comprou a massa que não vem aberta então polvilhe com farinha de trigo uma superficie lisa. Abra a massa com o auxilio de um rolo, corte um circulo do tamanho do diametro da frigideira. Pegue o circulo de massa e cubra a frigideira apertando bem nos cantos. Leve ao forno pre aquecido por cerca de 20 min ou até que a massa esteja dourada – o tempo vai depender da potência do seu forno. Retire a frigideira do forno e desenforme imediatamente sobre um prato. Sirva acopanhada de creme, sorvete ou simplesmente pura.




segunda-feira, 2 de outubro de 2017

MUFFIN SALGADO DE QUEIJO



Essa receita é uma mistura de pão e muffin. Na receita original, que peguei no pintrest, do site The Kitchen, o titulo dizia que era pão porem, para mim, ele esta mais para um muffin pois, a consistencia da massa fica bem parecido com um bolo salgado. O fermento é de bolo, não usa fermento de pão, e voce não precisa esperar para crescer, a bater tudo e colocar na forma. No meu caso fiz em uma forma de bolo inglês e cortei fatias que ficaram muito, mas muito fofinhas. O sabor foi de queijo mas pode colocar outros ingredientes de sua preferencia, presunto ou ervas, que ficam uma delicia. O preparo é bem rápido e é uma ótima opção para o lanche das crianças. Fica perfeito com geléia. Essa receita leva um ingredientes que não temos aqui no Brasil que é o buttermilk.

Ingredientes
2 xicaras de farinha de trigo
2 colheres de sopa de açucar
1 ½ colher de sopa de fermento em pó
½ colher de sopa de bicabornato de sódio
½ colher de sopa de sal
1 xicara de iogurte – Aqui um detalhe. A receita original leva buttermilk, que não temos aqui no Brasil então substitui por iogurte. Também já fiz a mesma receita substituindo por leite coalhado com 1 colher de sopa de limão
1 ovo
¼ de xicara de manteiga derretida em temperatura ambiente
1 xicara de mussarela ralada ou cortada em bubos bem pequenos
¼ xicara de queijo parmesao ralado (eu coloquei 1 xicara)

Pré aqueça o forno a 180º.C. em uma vasilha coloque a farinha de trigo, o fermento, o bicabornato, o açucar e o sal. Misture bem. Misture os queijos a mistura de secos. Reserve. Em outra vasilha misture o iogurte, o ovo e a manteiga derretida – que não pode estar quente. Junte as duas misturas delicadamente, não misture demais, apenas o suficiente para garantir que toda a parte seca das farinhas estejam incorporadas pela parte liquida. Unte uma forma de bolo ingles com manteiga e farinha e coloque a massa dentro. Leve ao forno por 30 minutos ou até que esteja dourado por cima. Eu salpiquei queijo parmesão ralado uns 10 minutos antes de retira-lo do forno.




quinta-feira, 28 de setembro de 2017

ESCALOPE SUINO COM MOLHO CHIMICHURI, PURÊ DE AGRIÃO E FAROFINHA DE PANKO






Adoro esse purê de agrião que acompanha super bem qualquer tipo de carne e dá uma variada no nosso já tão tradicional purê de batatas. Aqui a carne de porco vem em forma de escalopinho com um chimichuri um pouquinho diferente porque leva pimenta biquinho ao invés da pimenta calabresa. Para fechar o pacote uma farofinha de panko bem crocante. 


Ingredientes
Para duas pessoas
2 escalopes de porco
2 colheres de sopa de vinagre
1 colher de sopa de suco de limão
3 dentes de alho
1 xicara de salsinha picada
1 xicara de azeitonas pretas picadas
1 colher de sopa de orégano
3 pimentas biquinho
4 batatas medias
½ maço de agrião
1 tablete de manteiga
150ml de creme de leite
2 xicaras de panko
½ xicara de queijo parmesão ralado



Tempere os escalopinhos com 2 dentes de alho picados, o vinagre, o limão e 2 colheres de sopa de azeite. Deixe marinar por 20 minutos. Faça o molho. Misture a salsa picada, a azeitona, o orégano e misture bem. Pique a pimenta biquinho bem pequena e junte a mistura. Junte 3 colheres de sopa de azeite e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Reserve. Faça o purê. Descasque as batatas, corte em pedaços médios e coloque para cozinhar em panela com água e sal até que estejam macias. Escorra e passe por um espremedor até obter um purê liso. Tranfira a batata para um processador. Lave o agrião, corte grosseiramente e coloque no processador junto com a batata. Junte 100 ml de creme de leite e processe ate pbter um creme liso, se for preciso junte um pouco mais de creme de leite. Prove e acerte o sal. Tempere com pimenta do reino a gosto. Reserve. Faça a farofa de panko. Aqueça uma frigideira com duas colheres de manteiga e adicione a farinha de panko. Tempere com sal, pimenta do reino a gosto. Deixe em fogo médio até que comece a ficar dourada, se for preciso junte um pouco mais de manteiga. Quando estiver quase toda dourada, abaixe o fogo e junte o queijo parmesão ralado,misture bem, desligue o fogo e reserve. Aqueça uma frigideira com 2 colheres de sopa de manteiga e um fio de azeite e quando estiver bem quente coloque os escalopes, escorridos, para fritar. Primeiro deixe dourar bem de um lado e depois vire para que doure bem do outro lado. Junte a marinanda no final, deixe um minuto e desligue. Sirva os escalopes com o molho e os acompanhamentos.



sexta-feira, 22 de setembro de 2017

VIEIRA COM CROCANTE DE PANKO E ERVAS




Essas vieiras foram frescas de uma fazenda de vieiras de Angra dos Reis da Fazenda das Vieiras. Eles entragam no Rio sob encomenda mas só em quantidade. Já postei sobre eles aqui no blog em outro post de vieira. aqui Assim como da outra vez, optei por fazer receitas sem acompanhamentos para poder curtir mais o sabor da própria vieira sem que ficasse mascarado por outros ingredientes. Essa receita aqui é mais uma entrada, super bacana e super gostosa.

Ingredientes
Para duas pessoas
10 vieiras frescas
1 colher de chá de alho em pó
1 colher de chá de pimenta do reino fresca
½ limão
Azeite
2 xicaras de farinha de panko
½ xicara de folhas de alecrim fresco
4 colheres de sopa de manteiga

Limpe bem as vieiras e tempere-as com sal, pimenta do reino a gosto e o alho em pó. Aqueça uma frigideira com 1 colher de sopa de manteiga e um fio de azeite. Quando estiver quente coloque as vieiras para grelhar de um lado, deixe por 1 minuto e vire o outro lado, aguarde mais 1 minuto e desligue o fogo. Reserve. Pique as folhas de alecrim o mais fino que conseguir. Aqueça uma frigideira com o restante da manteiga e junte a farinha de panko. Deixe dourar levemente e junte o alecrim picado, misture bem, tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Sirva as vieiras acompanhadas da farofa de panko temperada.





terça-feira, 19 de setembro de 2017

TALHARIM COM AÇAFRÃO E PUPUNHA FRESCO



Você conhece a origem do Açafrão? Sabe reconhecer o açafrão verdadeiro quando encontra na loja? Sabia que algumas lojas vendem a cúrcuma como açafrão e que essa especiaria é conhecida como açafrão da terra?
O açafrão verdadeiro é  extraído dos pistilos de flores de Crocus Sativus, uma planta da família das Iridáceas. É utilizado desde a antiguidade como especiaria, principalmente na culinária do Mediterrâneo. O açafrão verdadeiro é tido como uma das mais caras ou a mais cara especiaria do mundo uma vez que, para se obter um quilo de açafrão seco, são processadas manualmente cerca de 150.000 flores, e é preciso cultivar uma área de aproximadamente 2000  m².  Quando voce vai em um restaurante barato, ou de preço mediano e encontra um prato que diz que é feito de açafrão, desconfie. Provavelmente é feito de açafrão da terra, que provem de uma raiz e é totalmente diferente do açafrão verdadeiro. Na foto abaixo deixei os pistilos do açafrão verdadeiro na receita para que voces pudessem ver a diferença.
Voce pode encontrar o açafrão fresco, em pistilos, em boas delicatessens ou lojas especializadas, também pode encontrar – nessas mesmas lojas – algumas misturas de especiarias especificas para pratos que utilizam o açafrão como, por exemplo, a Paella. Nesses  casos procure comprar as marcas importadas de boa qualidade para ter uma garantia maior que o açafrão contido na mistura não é um produto similar que apenas dá a cor a sua receita deixando de lado o sabor. Bons produtos fazem toda a diferença no sabor final de sua receita.


Serve até 3 pessoas
Ingredientes
200gr de farinha de trigo
2 ovos frescos
1 colher de sopa de azeite
½ cebola
½ copo de vinho branco seco
150ml de creme de leite fresco
½ colher de chá de pistilos de açafrão fresco
1 xicara de queijo parmesão de boa qualidade
½ bandeja de palmitos frescos
Azeite
Sal a gosto

Para fazer a massa do ravioli. Em uma vasilha coloque a farinha. Faça um burraco no centro da farinha e coloque 1 colher de sopa de azeite e os ovos. Com as mãos misture bem até formar uma bola de massa. Se estiver muito seca junte uma colher de sopa de água até que esteja uniforme. Envolva a massa com um filme plástico e deixe descansar na geladeira por 30min. Monte a maquina de fazer macarrão e polvilhe a superfície com farinha de trigo. Retire a massa da geladeira  e passe a massa na maquina até obter laminas finas. Monte o cortador de espaguete e corte o macarrão. Reserve.  Faça o molho. Em uma panela pequena coloque o creme de leite e a cebola. Leve ao fogo baixo e deixe em infusão por 15 min. Retire o pedaço de cebola, junte o açafrão e o queijo parmesão,  misture bem.  Aqueça em fogo baixo por 3 min e deixe descansar. Lave bem e corte o palmito em rodelas de 1cm de espessura. Aqueça uma frigideira com 1 colher de azeite e coloque as rodelas de palmito, deixe cozinhar por 2 minutos mexendo se for necessário. Junte o vinho e deixe reduzir até a metade. Abaixe o fogo e junte o molho de creme de leite, misture bem. Prove e acerte o sal se for necessário. Reserve.
Aqueça uma panela grande com água e sal e quando estiver fervendo abaixe o fogo e  junte o espaguete. Deixe cozinhar por 4 minutos e escorra. Junte o espaguete ao molho. Sirva com queijo parmesão ralado.





sexta-feira, 15 de setembro de 2017

FRANGO NA CERVEJA, BACON, COGUMELOS E QUEIJO



Existe uma receita de frango na cerveja com bacon que eu gosto muito mas que faço pouco na minha casa porque minhas filhas não são muito fãs de bacon. Essa receita aqui foi meio que uma mistura dessa receita inicial mas com menos gosto do bacon da receita orginal, na verdade foi uma mistura de um monte de coisas que eu tinha na geladeira (kkkkk) mas ficou muito bom!!

Ingredientes
Para duas pessoas
2 peitos de frangos ou duas sobrecoxas grandes
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de vinagre
1 colher de sopa de suco de limão
1 garrafa de 250ml de cerveja clara
1 cebola grande
100gr de toucinho ou bacon em fatias
150gr de cogumelos em conserva
2 galhos de alecrim
1 xicara de queijo parmesão ralado
1 xicara de creme de leite fresco
Sal e pimenta do reino a gosto
Azeite


Coloque  o frango em um refratario e tempere com o suco de limão, o vinagre, o alho picado e pimenta do reino a gosto. Regue com um fio de azeite, misture bem e deixe marinar por 30 min. Enquanto o frango esta marinando corte a cebola em laminas bem finas e reserve. Corte o toucinho em cubos pequenos retirando o couro – se estiver usando fatias de bacon entao corte-as em tiras pequenas. Aqueça uma frigideira e coloque os cubos de toucinho para fritar até que estejam dourados, junte a cebola em laminas e deixe fritar até que esteja bem dourada e começando a caramelizar. Desligue o fogo e junte a cebola e o bacon ao refratario que esta o frango com a marinada. Espalhe a cebola proporcionalmente pelo refratario. Tempere tudo com sal e disponha as folhas de alecrim. Abra a cerveja e coloque no refratário até cobrir quase todo o frango.  Leve ao forno pre aquecido a 180º.C por 30 min ou até que o frango comece a ficar dourado. Nesse momento junte os cogumelos cortados ao meio.  Em uma vasilha misture o creme de leite o queijo parmesao ralado misturando bem. Junte essa mistura ao refratario e deixe no forno até que o liquido tenha reduzido pela metade. Voce pode coar o molho antes de servir separando e mantendo o bacon ou pode servi-lo sem coar retirando apenas as folhas de alecrim – é como eu gosto. Sirva com arroz branco e batatas acompanhada do molho. Maravilhoso!!